Lego para Loretto, quebra-cabeça para Arrigo, hiperatividade para todos

31 Ago

 

Templo de Lego. O Loretto ficou horas até achar uma arquitetura que fosse condizente com a história que inventou.

Templo de Lego. O Loretto ficou horas até achar uma arquitetura que fosse condizente com a história que inventou.

O Loretto é como todo menino. Corre, pula, grita, reclama, perde lápis, amassa caderno. E, como quase todo menino, já foi chamado de hiperativo algumas dezenas de vezes. Remédio? Sim, já sugeriram. Por sorte, ele tem uma pediatra tão maluca quanto nós – e ela acredita que ele é, simplesmente, criança – e como tal pode e deve brincar, viver. E ele vive como uma criança de antigamente – só pensa em subir em árvore, não tem video-game (recentemente, ganhou um IPAD usado e entrou na febre do Minecraft…durou menos de um mês, até porque o IPAD quebrou. Agora, ele “joga” Minecraft lendo um livro da Abril sobre o assunto), está sempre com as roupas sujas e rasgadas. E não para. Nunca. Almoça e faz lição de pé…

No começo desse semestre, ele começou a inventar e desenhar uns mapas para expedições misteriosas. Daí tive uma ideia genial de comprar um quebra-cabeça com mapa. Claro! Como nunca tinha pensado nisso? Para montar quebra-cabeça é preciso ficar parado! Comprei um de 100 peças. Mapa do Brasil, bonitinho, com parte da América do Sul. Mas…que decepção! Ele ficou quatro dias enrolando, jogando peças para baixo da mesa. E não conseguiu montar. Certa manhã, o Arrigo pegou o quebra-cabeça e…montou em meia hora. O Arrigo tem quase quatro anos. O Loretto tem oito…

Confesso que pensei: “Talvez seja mesmo o caso de dar um remedinho para o Loretto, né?…”. E, enquanto refletia, o Arrigo começou a pedir mais e mais e mais quebra-cabeças para montar. 100 peças, 150 peças, 200 peças, 250 peças… Estamos agora com um aqui de 500 peças…cheio de peixes…uma desgraça para montar…mas ele não desiste. Arrigo é assim: metódico, determinado. Mas, ei, espera! Arrigo também já foi “rotulado” de hiperativo. Tem gente até que acha que ele é pior do que o Loretto! Ele também corre o dia todo, também pula, também grita, também esperneia, também não para.

Mas Arrigo fica parado quando está montando quebra-cabeça.

Assim como o Loretto fica parado para desenhar, pintar e…montar Lego!

Ontem, em um churrasco com amigos queridos, ele ficou cerca de duas horas montando Lego. Enquanto as outras crianças se revezavam em várias brincadeiras, ele montou um templo e me contou a história do templo. E, então, eu entendi: não há nada para se “inventar” num quebra-cabeça, por isso Loretto não gosta de montá-los. No carro, ele confirmou o que eu imaginei. Ele me disse que acha estranho querer montar um desenho que você já sabe qual vai ser… O desenho do quebra-cabeça já está lá, já existe. Num Lego, quem monta inventa.

E, assim, estou cá a pensar em tudo que já ouvi… A mesma galera que me sugere remédios e escolas tradicionais para o Loretto tem o seguinte argumento: “Ele vai sofrer quando tiver que fazer prova…”. E eu te digo: talvez EU sofra. Ele nunca. Loretto faz Kumon e sabe que nunca vai ganhar medalha de matemática. E não está nem aí. Continua indo para lá, felizão: o negócio dele é chegar, fazer a lição rapidinho e ficar contando histórias para as monitoras. “Neste final de semana, fui para a África do Sul”, inventa. Ele inventa coisas novas o tempo todo. Eu não acho que ele vai sofrer. Mas eu acho que ele vai incomodar muita gente. Porque a sociedade fica possessa com crianças que são crianças – daí o sucesso dos remédios – e com os adultos que são adultos – daí o sucesso das plásticas e brinquedos caros, como os carros de marca. Abaixo, para você se inspirar, a música preferida do Loretto. Sim, para piorar o cara é fascinado pelo Raul Seixas. Estou ferrada! Vou ter que tomar muitos antidepressivos…

 

Por dentro do Templo de Lego criado por Loretto

Por dentro do Templo de Lego criado por Loretto

Quebra-cabeça da epifania. Loretto não conseguiu montar. Arrigo montou em meia hora...

Quebra-cabeça da epifania. Loretto não conseguiu montar. Arrigo montou em meia hora…

 

3 Respostas to “Lego para Loretto, quebra-cabeça para Arrigo, hiperatividade para todos”

  1. Belmiro de Araújo Alves 7 de Setembro de 2014 às 18:52 #

    BOA NOITE MÁRCIA

    CONTINUE ENVIANDO SEMPRE CRONICAS DO LORETTO. ABRAÇOS BELMIRO (CANOA QUEBTRADA-CE)

  2. Cristina Guerreiro 9 de Setembro de 2014 às 1:03 #

    Atitude sábia. E muito, muito amorosa. Obrigada por compartilhar.

  3. Nestor 3 de Dezembro de 2014 às 15:46 #

    Ahhhh, pede para ele desenhar uma historia em quadrinhos, onde os personagens podem sair da bidimensionalidade da folha. aravessar um furo, retornar a quadrinhos anteriores gerando linhas de quadrinhos alternativos, em fitas grudadas nas folhas e formando uma historia tridimensional!!!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: