Os escaravelhos do diabo

9 Dez
Os três besouros emoldurados. Um veio de Caraguatatuba, o outro da Argentina e o terceiro de Centenário do Sul

Os três besouros emoldurados. Um veio da Argentina, o outro de Centenário do Sul e o terceiro de Caraguatatuba

Loretto tem uma coleção de besouros emoldurados (foto acima). Talvez seja por isso que ele tenha se impressionado tanto com o livro O escaravelho do diabo, que acabamos de ler juntos. Eu tive que ler umas 20 páginas por dia do livro. E ele passava o tempo falando sobre a história para os amigos e esperando a hora de continuarmos a leitura. A partir de agora, se você é ruivo (como a Nádia Simonelli ou como a Luciana Andrade, nossas amigas), saiba: Loretto vai te olhar com olhos de…escaravelho.

Besouros é uma das suas paixões, junto com insetos de maneira geral. Quando descobriu (lá no Museu Planeta Inseto) que mesmo que ele vivesse 100 anos e visse um novo besouro a cada dia, não teria condições de ver todos, ficou maravilhado. Na coleção abaixo, vê-se três exemplares. Eu não sei os nomes. Ele sabe. Mas sei de onde vieram. O primeiro foi presente da América, manicure gente boa da Abril, e veio lá da Argentina (perto das cataratas do Iguaçu). O segundo ele encontrou no Paraná, Centenário do Sul. E o terceiro foi presente do tio Marcelo e veio lá de Caraguatatuba. Havia um outro, que veio de Sertãozinho e também foi emoldurado. Mas – e aqui vai um ensinamento – como nós não o havíamos deixado no álcool antes de emoldurá-lo, ele criou larvinhas…que se espalharam pelo fundo do quadro (e o Loretto tirou a moldura e jogou tudo fora…). Portanto, se pegar um besouro para dar ao Loretto, deixe-o no álcool…

Abaixo você vê também o desenho de besouro que o Loretto fez para a América em agradecimento ao escaravelho argentino.  

Besouro desenhado em troca de um besouro de verdade. De Loretto para América.

Besouro desenhado em troca de um besouro de verdade. De Loretto para América.

PS.: Estamos num momento Coleção Vagalume. Leia, se tiver tempo, o texto que fiz sobre O caso da borboleta Atíria no Blog Te Indico um Livro.

escaravelho do diabo

Esse é o livro que minha mãe comprou em 1983 para o meu irmão Marcelo ler. A capa, depois, mudou (tiraram o moço com revólver…porque não era politicamente correto.. Em tempo, se tiver tempo, leia o meu post sobre…as armas e as crianças).

 

3 Respostas to “Os escaravelhos do diabo”

  1. Felipe Araripe 20 de Dezembro de 2013 às 18:21 #

    Li esse livro na escola – Colégio Militar de Brasília. Não me recordo de ter tido desejos de matar alguém após a leitura, não obstante a pistola figurada na capa. eu sou normal, Marcinha? hehehe

  2. Mario Martins 26 de Junho de 2014 às 13:21 #

    Li esse livro na escola também, nem lembrava mais que existia. Achei muito bacana sua proposta de manter um registro das coisas do seu Loretto online, algo como uma cápsula do tempo.

    • marcinhacarini 26 de Julho de 2014 às 14:18 #

      Oi Mario, é muito gostoso reencontrar esses livros da nossa infância. Percebi que quando criamos nossos filhos revisitamos várias coisas importantes da nossa vida… Também gosto de pensar que o Loretto poderá se lembrar de suas criações olhando esses posts. Um grande abraço, Márcia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: